ONU mulheres alerta para violência doméstica na quarentena

Com a pandemia do coronavírus, a ONU mulheres alerta para o possível crescimento da violência doméstica na quarentena. No documento, a organização de renome mundial, destaca inúmeras recomendações para diminuir o efeito da pandemia em meninas e mulheres, bem como dar continuidade a serviços essenciais que combatem à violência doméstica, desenvolvendo novas modalidades de prestação de serviços no contexto atual.

A Delegada Tatiana Bastos, da Delegacia Especializada da Mulher, explica os procedimentos adotados para buscar ajuda no período de isolamento.