Trabalho escravo atinge mais de 40 milhões de pessoas no mundo

Em edição especial alusiva ao Dia Internacional contra a Exploração Sexual e o Tráfico de Mulheres e Crianças, o TCE Cidadania chama a atenção sobre um problema que já afetou, só no Brasil, cerca de 70 mil pessoas: o tráfico para trabalho forçado. Um estudo recente da Organização Internacional do Trabalho (OIT) divulgou dados que mostram que mais de 40 milhões de pessoas no mundo foram vítimas da escravidão moderna em 2016. O Coordenador do programa de combate ao trabalho forçado da OIT no Brasil, com Antônio Carlos Mello, fala sobre o tema.