OAB considera reforma trabalhista inadequada à Constituição

O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) tem posicionamento contrário a nova reforma trabalhista, e recentemente fez um manifesto onde declarou repúdio à urgência em que a reforma tramitava, além de identificar 19 inconstitucionalidades no processo. O Presidente da Comissão de Direito do Trabalho da OAB do Rio Grande do Sul, Raimar Machado, fala sobre este posicionamento e suas considerações.