Violência contra a mulher é invisível para maioria das gestões

Um levantamento do Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul mostra que a maioria dos municípios não conta com política pública para as mulheres. Foram analisadas informações de 417 prefeituras. Os dados mostram que 64% não possuem programas para o enfrentamento da violência doméstica e familiar. 55% dos municípios sequer contam com registros dos atendimentos realizados a mulheres vítimas de violência. Conversamos sobre isso com Maria do Carmo Bittencourt, da Marcha Mundial das Mulheres.